Canteiro de Obras, você sabe como organizar?
Construção Civil, Indústria

Canteiro de Obras, você sabe como organizar?

O planejamento do canteiro de obras é uma etapa indispensável para que a obra não saia do orçamento previsto. Ele é definido como o planejamento da disposição e logística das instalações de segurança, instalações provisórias. Além do sistema de armazenamento e dos procedimentos de movimentação de materiais.

Esse planejamento contribui muito para o uso racional dos recursos e para a entrega do projeto dentro dos prazos estipulados. Uma vez que ajuda a manter o controle sobre o uso dos recursos humanos, financeiros e materiais.

Veja no post a seguir o que é o planejamento do canteiro de obras e algumas dicas de como organizá-lo.

Canteiro de Obras, você sabe como organizar

O que é um canteiro de obras

Um canteiro de obras é o local físico onde serão armazenados materiais a serem usados para a construção. São: madeira, produtos químicos para estabilização do solo, cimento, pedras, etc. E também onde são realizados os serviços de construção.

Para funcionar bem, requer a instalação de estruturas provisórias, tais como banheiros, escritórios, alojamento, entre outras. Os canteiros de obras podem ser de três tipos:  restritos, amplos e longos e estreitos.

Os canteiros restritos são os que ocupam grande parcela do terreno a ser construído. Como no caso de obras em centros de cidade e sua entrada é restringida. Os canteiros de obras amplos ocupam áreas menores em relação a obra toda, tais como barragens de hidrelétricas e indústrias.

Por fim, os canteiros estreitos são restritos em alguma das dimensões, como no caso de estradas ou dutos de gás. O planejamento de cada um deles dependerá do tipo de canteiro necessário para dada obra.

O que fazer para organizar um canteiro de obras

Como em outros planejamentos, o de canteiro de obras requer a definição dos objetivos e dos processos a serem gerenciados.

Entre os objetivos do planejamento de canteiro de obras está a utilização do espaço físico disponível de modo a otimizar o uso dos recursos da obra, ao mesmo tempo que garante a segurança e a eficiência da construção, minimizando a movimentação de materiais.

Há dois níveis para esses objetivos:

  • objetivos de alto nível, que visam promover operações eficientes e seguras, mantendo a motivação dos colaboradores elevada.
  • objetivos de baixo nível, que visam minimizar distâncias de transporte, tempos de movimentação de equipes, de materiais e manuseios de materiais.

Portanto, o primeiro passo é definir esses objetivos. Em seguida, é importante realizar um diagnóstico de canteiro de obra existentes. Para isso, comumente utilizam-se listas de verificação, croqui e registro fotográfico.

A checklist permite ampla avaliação qualitativa do canteiro no que se refere à logística e disposição. Deve abranger os itens de instalações provisórias, sistema de movimentação e estocagem de materiais e segurança do trabalho

Em seguida, vem a parte de criarem-se croquis de layout do canteiro.

Recomenda-se que nesse desenho inicial, ainda que não preocupe-se com detalhamentos como a escala, sejam localizados os itens chave da obra.

A definição aproximada do perímetro dos pavimentos é uma informação importante. Recomenda-se diferenciar áreas fechadas de abertas, bem como localizar estruturas que possam atrapalhar na circulação de recursos humanos e materiais.

A localização das instalações provisórias deve constar no croqui. Por fim, é recomendável indicar onde ficarão armazenadas as máquinas e as entradas para cada sítio dentro da obra.
Registros fotográficos são recomendados, assim como a criação de uma padronização, que é um protocolo do funcionamento geral da obra.

Canteiro de Obras, você sabe como organizar

O que é o planejamento de um canteiro de obras

Planejar um canteiro significa determinar como as estruturas provisórias estarão dispostas no terreno (layout), como será o armazenamento dos materiais e o deslocamento de pessoas e materiais por dentro da obra toda (logístico).

Assim, o planejamento do layout diz respeito à definição do arranjo físico de operários, equipamentos, materiais, estoque e áreas de trabalho. Já o planejamento logístico determina a infra-estrutura necessária para o desenvolvimento do trabalho.

O planejamento do canteiro de obras não está relacionado ao planejamento da segurança do trabalho, que deve ser feito em um projeto à parte dada sua complexidade.

Etapas do Planejamento

O planejamento do canteiro de obras propriamente dito deve conter cinco etapas:

  1. Análise preliminar:
    • Programa de necessidades do canteiro;
    • Informações sobre o terreno e o entorno da obra;
    • Definições técnicas da obra;
    • Cronograma de mão-de-obra;
    • Cronograma físico da obra;
    • Consulta ao orçamento.
  2. Arranjo físico geral;
  3. Planejamento de canteiros de obra e gestão de processos entre os vários setores.;
  4. Arranjo físico detalhado, que é a localização exata de cada instalação dentro das áreas do canteiro de obras;
  5. Detalhamento das instalações: tais como a quantidade e tipos de mesas e cadeiras nos refeitórios, quantidades e tipos de armários nos vestiários, como será armazenado o material, etc.;
  6. Cronograma de implantação, que é a apresentação gráfica das sequências das fases do layout e da execução da obra.

Em geral, quem faz o planejamento do canteiro de obras é o gerente técnico e o mestre-de-obras. Mas o envolvimento de outras partes interessadas, tais como os empreiteiros envolvidos, é importante.

O momento de fazer esse estudo é no anteprojeto. A planta do canteiro de obras deve ser encaminhada a todos os projetistas para a verificação de potenciais obstáculos à implantação da obra.

O estudo do layout deve ser feito o quanto antes, pois a organização do canteiro de obras é um elemento crucial para o que o orçamento não seja ultrapassado e obra se torne inviável.

Isto pode ocorrer quando gastos maiores ocorrem por perdas como queda de material em altura, acidentes de trabalho, entre outros problemas.

Assim, o planejamento do canteiro de obras é essencial o documento elaborado para organizar uma construção. Para que seja feito com sucesso, precisa ter seus objetivos delineados de início e não haja falhas no abastecimento de materiais.

O que achou deste conteúdo? Gostou? Então não deixe de ler nossas 5 dicas para não faltar materiais na obra! Agradecemos sua confiança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *