O que é desmoldante e quais seus tipos
Sem categoria

O que é desmoldante e quais seus tipos?

Desmoldantes são parte integrante de muitos processos de fabricação. Eles são geralmente necessários para evitar a aderência de concreto, mas não são vistos com frequência pelo valor que podem trazer, especialmente à construção civil

Em suma, os agentes desmoldantes podem aumentar a produtividade, prolongar a vida útil da ferramenta, aumentar os tempos de ciclo, melhorar a qualidade da peça ou superfície e reduzir as taxas de defeitos. Isso apenas para citar alguns dos muitos benefícios potenciais.

Mas para que você entenda o que são os desmoldantes e como eles se encaixam no processo de construção, fizemos este post! Acompanhe conosco e veja o que seus projetos podem ganhar com o uso desses materiais:

O que é agente desmoldante?

Um agente desmoldante é uma substância química aplicada a uma superfície, tipicamente a de um molde ou recipiente, para evitar que outras substâncias grudem nessa superfície.

Esses produtos químicos são aplicados às superfícies de contato do molde antes da fundição ou moldagem, evitando a adesão excessiva entre ele e a peça.

Este efeito é conseguido formando uma segunda superfície ou uma camada de barreira entre a superfície do molde e a parte, que é depois removida do produto acabado, eliminando sujidades dos equipamentos.

Esses agentes são normalmente baseados em silicone, óleos ou surfactantes com sabão. Os desmoldantes são amplamente utilizados em uma variedade de aplicações, que incluem fundição de concreto, moldagem de plástico, moldagem de fibra de vidro e fabricação de papel.

O que é desmoldante e quais seus tipos

Quais os principais tipos de desmoldantes?

Os agentes desmoldantes podem ser à base de água ou solvente e o uso de qualquer um dependerá da preferência pessoal do moldador, regulamentos de segurança da fábrica, custos de envio de materiais perigosos e tempos de secagem desejados do revestimento de liberação.

Basicamente, eles são definidos da seguinte forma:

  • base de água: os desmoldantes à base de água geralmente secam mais lentamente que aqueles à base de solvente, mas apresentam menos preocupações com a saúde e a segurança. Agentes desmoldantes à base de água serão menos caros de enviar por causa de sua natureza inerentemente não inflamável e satisfazem a maioria das metas de segurança de um projeto;
  • base de solventes: os desmoldantes à base de solvente secam quase instantaneamente, mas apresentam sérios problemas de saúde e segurança. Vapores de agentes desmoldantes à base de solvente podem ser perigosos sem ventilação adequada da área de trabalho. A maioria dos solventes usados em agentes desmoldantes é inflamável;
  • base vegetal: versão mais ecológica dos desmoldantes, os agentes à base vegetal são biodegradáveis e composto de óleos vegetais neutralizados em óleo mineral que não contém ceras, silicones ou carcinogênicos; não possui solventes e não é tóxico.

O que é desmoldante e quais seus tipos

Qual a melhor opção de desmoldante?

Os agentes desmoldantes à base de água são o resultado de mais foco nas questões de saúde, meio ambiente e segurança. Isto resultou no desenvolvimento de novas tecnologias nesta área, tendo-se centrado largamente nas formulações à base de água, em contraponto ao uso dos produtos à base de solventes.

A mudança demorou a chegar, em grande parte por causa de noções preconcebidas sobre os agentes à base de água. Eles não se misturam bem e podem ser problemáticos quando aplicados em climas mais frios, pois podem congelar quando a temperatura cai.

Já os benefícios dos desmoldantes vegetais vão além do desempenho e do preço. Os produtos à base de óleos vegetais são mais seguros para o meio ambiente e mais seguros para os trabalhadores.

Agentes à base de solventes contêm quantidades elevadas de compostos orgânicos voláteis, que representam uma ameaça à saúde dos trabalhadores. Essa preocupação com a segurança do trabalhador e com o meio ambiente levou ao estreitamento das regulações de uso de desmoldantes.

E você, qual desmoldante usa nos seus projetos? Comente abaixo e compartilhe sua experiência conosco e com nossos demais leitores!

Gostou do nosso texto? Assine gratuitamente nossa newsletter e receba todas as nossas dicas diretamente no seu e-mail!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *