plano-mestre-de-producao-como-fazer-o-alinhamento-com-a-previsao-de-venda-no-setor-industrial (1)
industrial

Plano Mestre de Produção: como fazer o alinhamento com a previsão de venda no setor industrial?

Imagine o seguinte cenário: um fabricante vende produtos feitos sob encomenda, montando e depois enviando-os dentro de 48 horas após a ordem. O tempo de entrega de fabricação é um dia, mas há componentes e subconjuntos com prazos de entrega que variam de dois dias a dois meses.

Para cumprir todas as ordens dentro de 48 horas, o fabricante deve ter todos os componentes para cada produto quando a encomenda for feita em estoque. E para continuar lucrativo, deve fazê-lo sem ter excesso no inventário.

Como, então, resolver esse problema? Com o Plano Mestre de Produção (do inglês Master Production Schedule — MPS).  O MPS é uma forma de alinhar a produção à previsão de vendas de forma que os itens estejam sempre disponíveis quando necessários e sem acumular estoque.

Continue lendo e descubra a importância do Plano Mestre de Produção e como você pode começar o seu!

Plano Mestre de Produção: como fazer o alinhamento com a previsão de venda no setor industrial?

A importância de possuir um Plano Mestre de Produção

O Plano Mestre de Produção é uma ferramenta de planejamento de fabricação que é usada para capturar diversas variáveis de diferentes elementos de um processo produtivo — tais como demanda do cliente, capacidade de produção, níveis de estoque, fluxos de materiais etc.

Em seguida, o MPS descreve quais partes a organização fabricará e a que frequência para que nunca falte nem sobre estoque, gerando custos extras para a empresa. Esse planejamento leva em conta a previsão de vendas (demanda) e o nível de estoque dos produtos para que as entregas da organização não sejam comprometidas.

Plano Mestre de Produção: como fazer o alinhamento com a previsão de venda no setor industrial?

Como montar o seu Plano Mestre de Produção

O Plano Mestre de Produção faz o cálculo das necessidades de produtos acabados. Ele leva em consideração o roteiro e a duração de cada operação de produção e informa a quantidade e os prazos em que tudo deverá estar pronto.

Agora que você já sabe para que ele serve, vamos explicar como é possível alinhar o MPS a previsão de vendas da empresa para gerar benefícios à organização:

  1. Primeiro, identifique os parâmetros básicos de suprimento para cada produto produzido pela empresa. Isso envolve: lotes múltiplos, mínimo e máximo, estoque de segurança e estoque máximo, e prazos de ressuprimento em dias;

  2. Mantenha um controle eficiente do seu estoque. É importante que você tenha confiança no saldo em estoque e faça o controle minucioso por meio de um software específico ou planilha;

  3. Calcule sua previsão de vendas considerando os períodos de sazonalidade. Você pode usar a média móvel ou outro modelo, o importante é ter uma projeção do seu número de vendas ao longo do ano. Com esse número, você poderá definir se sua produção será toda concentrada no início do período ou distribuída igualmente ao longo dele;

  4. Agora que você já sabe quanto vai produzir e quando, poderá planejar a compra de itens nas datas corretas, de acordo com o prazo de ressuprimento de cada um. Dessa forma, eles estarão disponíveis para a produção no momento certo e não ficarão parados no estoque.

Os benefícios do Plano Mestre de Produção são importantes para os lucros da empresa. Com o alinhamento certo à previsão de vendas, esse planejamento permite reduzir custos e manter a produção eficiente.

Pronto para começar seu plano? Você já realiza a previsão de vendas na empresa? Comente abaixo e compartilhe com a nossa comunidade sua experiência!

2 thoughts on “Plano Mestre de Produção: como fazer o alinhamento com a previsão de venda no setor industrial?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *