A utilização de bons detergentes é essencial para que os processos de remoção de sujidades, independentemente de sua natureza, sejam realmente efetivos, levando-se em consideração que bons produtos podem ser aplicados sem desperdícios, com excelente rendimento e resultados esperados. Além disso, especialmente após a finalização de obras e reformas, a limpeza é uma das etapas mais importantes para que o cliente perceba com clareza todas as ações feitas no imóvel. Ademais, a limpeza e correta remoção de resíduos da construção civil asseguram resultados estéticos positivos e maior visibilidade do acabamento. O mesmo pode ser dito com relação ao desengraxantes, que permitem que a utilização e recuperação de peças seja efetivada. Afinal, mesmo componentes usados têm de ser limpos da forma correta para remoção de quaisquer gorduras que impeçam seu funcionamento. O mesmo vale para eletrodomésticos, paredes e teto. Assim, ao aplicar detergentes alcalinos e detergentes ácidos de boa qualidade, é possível realizar todos os procedimentos de limpeza que envolvem seu uso de maneira mais rápida, prática, com melhores resultados e sem a necessidade de aplicar grandes quantidades do produto. Para saber mais, inscreva-se em nosso blog e receba informações úteis, atualizadas e ideais para os seus negócios.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE DETERGENTES ALCALINOS E DETERGENTES ÁCIDOS?

Conheça as diferenças entre os detergentes alcalinos e ácidos, suas principais aplicações e importância nos mais variados segmentos industriais e comerciais.

Os detergentes alcalinos e detergentes ácidos são amplamente empregados na indústria,  na agricultura, em estabelecimentos comerciais e ainda na limpeza de imóveis após a realização de obras e reformas. No entanto, nem todos conhecem suas diferenças.

O primeiro aspecto a ser compreendido é que os detergentes alcalinos e detergentes ácidos são de uso profissional. O produto usado em casa para lavar louça, por exemplo, é neutro, pois remove sujidades leves e não causa agressões às superfícies e nem à pele.

Logo, detergentes com índices mais elevados de acidez e alcalinidade devem ser utilizados com cuidado nos lugares onde em que são aplicados, como em eletrodomésticos e piso, e, ao fazê-lo, é recomendado portar os equipamentos necessários de proteção.

DIFERENÇAS ENTRE DETERGENTES ALCALINOS E DETERGENTES ÁCIDOS

A alcalinidade e a acidez são medidas com base em uma escala numérica que vai de 0 a 14, e sua unidade de medida é o pH, sigla para potencial de Hidrogênio.

Assim, quando uma substância é neutra, ela tem pH 7, como é o caso dos detergentes de uso doméstico, isto é, aqueles que dia a dia de milhares de pessoas manuseiam.

Vale lembrar que a alcalinidade é o contrário da acidez. Desse modo, quando se pensa na escala numérica que mede o pH, é preciso ter em mente que seus índices irão em direções contrárias. Logo, se o alcalino é aquele que tem pH acima de 7, o ácido terá seu pH abaixo de 7.

O que faz uma solução ser ácida é o fato de ela conter mais íons de hidrogênio. Já para ser alcalina, necessita de mais íons de bicarbonato,  hidróxido,  carbonato e outros com influência baixa na alcalinidade.

APLICAÇÃO DOS DETERGENTES ALCALINOS E DETERGENTES ÁCIDOS

diferenca-entre-detergentes-acidos-e-alcalinos2

Sabendo que há diferentes tipos de detergentes, a questão que se impõe, então, é qual a finalidade deles. Mesmo porque, diferentes composições químicas foram elaboradas com o fito de atender demandas específicas, principalmente das indústrias.

Assim, os detergentes alcalinos e detergentes ácidos não se diferenciam apenas pelo índice de seu pH, mas também por sua funcionalidade e aplicação:

  • A substância alcalina serve para remover qualquer tipo de sujidade, exceto aquelas de origem mineral. Ela é altamente eficiente para quebrar moléculas de gordura, e é capaz de transformá-las em estado líquido, facilitando sua remoção;
  • O produto ácido é utilizado em limpezas mais pesadas, como na remoção de óleos, graxas e cimento. Daí sua aplicação ser frequente no pós-obra. Além disso, ele ainda elimina resíduos orgânicos e químicos, como terra, sangue e ferrugem.

Com relação à sua aplicação, é importante ter atenção ao fato de os detergentes ácidos serem comumente diluídos antes de serem usados, uma vez que em seu estado puro, podem agredir as regiões onde são passados.

Ademais, eles são mais nocivos ao meio ambiente e conseguem, por exemplo, alterar o pH da água. Por esse motivo, é fundamental tomar todos os cuidados necessários quando de sua aplicação para evitar danos à natureza e às pessoas.

O DETERGENTE DESINCRUSTANTE

O detergente desincrustante pertence ao grupo dos ácidos. Por isso, é possível descrevê-lo como um produto de limpeza altamente poderoso, o que significa ser capaz de remover mesmo as sujeiras mais difíceis.

Sua aplicação é muito comum para remoção dos resíduos de obras, eliminar materiais de construção para um melhor acabamento, dissolver a gordura incrustada em chapas e deixar os pisos brilhando, tudo isso devido ao seu alto poder de limpeza.

O DETERGENTE DESENGRAXANTE

Graxa é o nome genérico dado a todos lubrificantes pastosos que apresentam alta viscosidade e são constituídos de óleos minerais, bem como de seus aditivos. Sua aplicação é recorrente em diferentes segmentos indústrias e comerciais, especialmente os que atuam com máquinas e peças.

Porém, apesar de sua função, remover a graxa não é tarefa fácil. Para essa finalidade foram elaborados os detergentes desengraxantes, que pertencem ao grupo dos alcalinos, uma vez que apenas eles são capazes de remover os resíduos minerais.

Também chamados de desengordurantes, são ideais para limpeza de peças, revestimentos, acabamento de superfícies e demais procedimentos nos quais a remoção de graxas, gorduras e sebos é uma etapa imprescindível.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

É importante lembrar que, por seu poder de ação, os detergentes alcalinos e detergentes ácidos devem ser manuseados com os equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados, já que isso confere maior segurança aos profissionais, além de tranquilidade para execução da remoção de resíduos e sujidades.

Dentre os EPIs mais recomendados, destacamos as luvas, óculos de proteção, calças cumpridas e blusas de manga longa. Outra recomendação é manter o ambiente a ser limpo sempre arejado e com boa circulação de ar. Sendo assim, quando possível, manter portas e janelas  abertas soluções é uma boa solução para evitar intoxicações.

MAIS ECONOMIA NOS PROCESSOS

diferenca-entre-detergentes-acidos-e-alcalinos3

A utilização de bons detergentes é essencial para que os processos de remoção de sujidades, independentemente de sua natureza, sejam realmente efetivos, levando-se em consideração  que bons produtos podem ser aplicados sem desperdícios, com excelente rendimento e resultados esperados.

Além disso, especialmente após a finalização de obras e reformas, a limpeza é uma das etapas mais importantes para que o cliente perceba com clareza todas as ações feitas no imóvel. Ademais, a limpeza e correta remoção de resíduos da construção civil asseguram resultados estéticos positivos e maior visibilidade do acabamento.

O mesmo pode ser dito com relação ao desengraxantes, que permitem que a utilização e recuperação de peças seja efetivada. Afinal, mesmo componentes usados têm de ser limpos da forma correta para remoção de quaisquer gorduras que impeçam seu funcionamento. O mesmo vale para eletrodomésticos, paredes e teto.

Assim, ao aplicar detergentes alcalinos e detergentes ácidos de boa qualidade, é possível realizar todos os procedimentos de limpeza que envolvem seu uso de maneira mais rápida, prática, com melhores resultados e sem a necessidade de aplicar grandes quantidades do produto.

Para saber mais, inscreva-se em nosso blog e receba informações úteis, atualizadas e ideais para os seus negócios.